Onde vivem os livros de Biblioteconomia?

Eu tenho uma lista infinita de livros que quero ler e uma lista bem mais modesta de livros que quero comprar. Obviamente alguns desses títulos são livros de Biblioteconomia e, ás vezes, é bem difícil conseguir um exemplar, especialmente de edições em português. Nossa área publica pouco e as reedições são coisa rara. Por isso, cuide bem dos seus exemplares.

Se você procura livros em formato digital – PDF, pra ser mais específica – o Portal do Livro Aberto e o site da Abecin são opções. No primeiro você encontra livros sobre Gestão da Informação, Ciência da Informação, Representação, Tecnologia da Informação, dentre outros temas. Já no site da Abecin é possível fazer o download da Coleção Palavra-Chave. Não sabe que livros integram essa coleção? Que tal o Sociedade e Biblioteconomia, do Almeida Junior e/ou Serviços de Referência & Informação, da Nice Figueiredo? 😉 No site da Febab também é possível fazer download de algumas obras.

Um local por vezes ignorado nesse tipo de busca, mas que pode reservar bons achados, são os Repositórios Institucionais (RI). Se você está tendo dificuldade de encontrar um livro, descobrir os vínculos institucionais do autor e conferir o repositório das instituições onde ele/a atua pode fazer toda diferença. Ah, e mantenha a mente aberta, pois, dependendo de como a obra for estruturada, os capítulos podem ter sido postados separadamente no RI. Isso pode acontecer, por exemplo, com os capítulos de obras publicadas como coletânea. Nesses casos, também vale a pena pesquisar pelo título ou autor do capítulo que você procura.

– “Ah, Izabel, mas eu quero é o livro impresso porque não sei viver sem aquele cheirinho de livro e livro de Biblioteconomia então… cheira melhor ainda.”

-Bem, aí as coisas começam a ficar mais complicadas. Dependendo do título que você estiver procurando posso até mandar um “que os jogos comecem” antes de continuar escrevendo este texto. Mas vamos lá…

Com o fim da Livros de Biblio (o qual ainda não superei) ficamos com três livrarias especializadas: a Briquet de Lemos, a Interciência e a Thesaurus Editora. Porém, todavia, entretanto, uma visita rápida ao site mostra que a Briquet de Lemos está deixando de comercializar livros impressos. A maioria dos livros de Biblioteconomia disponíveis na Briquet só pode ser adquirida no formato PDF. Na Thesaurus o problema da falta de reedições fica visível, pois boa parte dos títulos da área encontra-se com status de esgotado. A Interciência ainda tem uma significativa quantidade de títulos com exemplares impressos disponíveis para venda, mas algumas obras também já estão esgotadas.

world-1264062_640
Por onde andam os livros de Biblioteconomia? Fonte da imagem: Pixabay

Garimpar em sites de grandes livrarias como a Cultura e a Saraiva é uma opção. Aliás, se for para escolher uma das duas: comece pela Saraiva, pois ela costuma ter mais títulos da nossa área. Gosto de procurar em sites de livrarias menores também como, por exemplo, a Martins Fontes. Já encontrei um livro sobre paleografia muito bom lá. Outras opções são o site do Grupo de Profissionais em Informação e Documentação Jurídica do RJ e a Alfagrama Ediciones (Argentina).

Como parte da produção de Biblioteconomia é editada por editoras universitárias ou associações profissionais muitas vezes esses são os únicos lugares em que vamos encontrar determinadas obras. Algumas opções são a Associação Rio-grandense de Bibliotecários e a Associação dos Bibliotecários do Distrito Federal. No caso de livrarias vinculadas a universidades é comum que elas revendam (em suas lojas físicas) livros de outras editoras universitárias além dos seus próprios. E caso você não possa ir pessoalmente a loja, entre em contato por telefone ou e-mail, pois muitas das editoras universitárias já possuem a opção de venda online.

Por fim, temos a Estante Virtual. Por reunir sebos e pequenos livrarias do país inteiro este site é uma excelente opção para encontrar edições usadas de obras esgotadas nas livrarias. Gosto bastante da Estante Virtual pela possibilidade de comprar em locais diferentes dentro de um mesmo pedido e pela opção de cadastrar livros que quero, mas ainda não estão no site para, desse modo, receber um alerta quando eles estiverem disponíveis. Mais informações sobre essa funcionalidade você encontra nesse post aqui da Thalita Gama.

Quando você estiver procurando livros de Biblioteconomia tenha em mente que eles podem estar alocados nas mais diversas áreas e categorias. É comum encontrar títulos de Biblioteconomia inseridos em Administração e Comunicação nos sites de compra. Por isso, mesmo que o site possua a categoria “Biblioteconomia”, é sempre bom conferir o acervo relativo as áreas próximas a nossa.

Por fim, não custa lembrá-los/as que bibliotecas universitárias de instituições que ofertam o curso de Biblioteconomia possuem livros dessa área e que, mesmo não sendo mais estudante da instituição, a consulta local ao acervo costuma ser possível. 😉

Se você tiver alguma dica ou sugestão para auxiliar os intrépidos caçadores de livros de Biblioteconomia é só escrevê-la nos comentários. Até mais! 🙂

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

#NEWS – Evento para editores e lançamento de livro

download
Capa de “The new librarianship field guide

Em um período tão tenso é sempre bom poder compartilhar boas notícias. Então aqui vão duas que acho que vocês podem curtir. A primeira delas é o 1º Ciclo de Formação de Editores que vai rolar na UFMG. Esse evento é uma ação da Política do Portal de Periódicos da UFMG, acontece dia 18 de maio e as inscrições estão abertas para todos os interessados.

A segunda notícia é o lançamento de um novo livro do David Lankes, autor do ótimo Vamos pensar juntos uma nova Biblioteconomia? O novo livro intitulado The New Librarianship Field Guide, ainda sem tradução para o português, está disponível para venda na Amazon.

Obras de referência para profissionais da informação

Como prometido, a postagem de hoje trata das obras de referência cujo conteúdo foca em uma ou mais ciências da informação. Se você chegou agora pode querer dá uma olhada na postagem em que explicamos o que são obras de referência.

arrow-2564_1280
Informação? É por aqui, sr(a) Fonte da imagem: Pixabay

As obras de referência podem assumir diversos formatos, mas no caso da biblioteconomia, arquivologia, ciência da informação e áreas afins uma boa parte das obras de referência existentes assume o formato de dicionário ou glossário. Então vamos a elas!

CUNHA, Murilo Bastos da; CAVALCANTI, Cordélia Robalinho de Oliveira. Dicionário de Biblioteconomia e Arquivologia. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2008. 451 p.

554615_AmpliadaQuem frequenta o Estante de Bibliotecária já se deparou com citações da obra Dicionário de Biblioteconomia e Arquivologia. Na verdade foi essa obra a inspiração pra criação da “seção” #BiblioTermos aqui no blog. Esse livro reúne os principais termos de ambas as áreas e os verbetes foram elaborados a partir de um excelente referencial teórico. O que mais gosto é o fato das definições serem na medida, nem curtas nem extensas demais, além das várias remissivas que a obra possui.

Continuar lendo

O primeiro livro de Biblioteconomia que eu li

Minha memória não é exatamente meu ponto forte. Sou uma fisionomista razoável, mas tenho um problema para lembrar nomes, endereços, telefones, números de classificação, etc, etc, etc… Mas tem uma coisa que lembro com facilidade: livros cuja leitura me conquistou.

E hoje eu vou falar de uma dessas leituras: Sociedade e Biblioteconomia, do Oswaldo Francisco de Almeida Júnior. Esse livro é formado por textos escritos entre o fim da década de 1980 e início da década de 1990 e tratam da nada simples e pouco poética relação da Biblioteconomia com a sociedade brasileira. Continuar lendo

As cinco leis da Biblioteconomia – Resenha

RANGANATHAN, Shiyali Ramamrita. As cinco leis da Biblioteconomia. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2009.

5leis
Capa da edição brasileira de “As cinco leis da Biblioteconomia”

Clássico. Esse é o primeiro adjetivo que me vem a mente quando penso no livro “As cinco leis da Biblioteconomia”, de Ranganathan. Esse adjetivo é logo precedido por outros, como: indispensável, basilar, amplo e contemporâneo. Poucas obras mantiveram seu nível de relevância com o passar dos anos como esse livro.

Um dos motivos da manutenção da importância do trabalho de Ranganathan é a contribuição dele para estruturação da Biblioteconomia como área do conhecimento. Muito da Biblioteconomia praticada atualmente se deve as cinco leis elaboradas por Ranganathan e tão bem expostas nesse livro.

Continuar lendo

Introdução à Teoria Geral da Biblioteconomia – Resenha

VIEIRA, Ronaldo. Introdução à Teoria Geral da Biblioteconomia. Rio de Janeiro: Interciência, 2014.

Capa do livro Introdução à Teoria Geral da Biblioteconomia
Capa do livro Introdução à Teoria Geral da Biblioteconomia

A Biblioteconomia é uma área um tanto quanto carente de livros, ainda mais livros escritos por “bibliotecários praticantes” ao invés de docentes. Professores, vocês são indispensáveis, mas é ótimo ver bibliotecários escrevendo. Diante disso, o livro Introdução à Teoria Geral da Biblioteconomia, do Ronaldo Vieira, é mais do que bem vindo.

Continuar lendo

Introdução à Biblioteconomia – Resenha

FONSECA, Edson Nery da. Introdução à Biblioteconomia. 2. ed. Brasília, DF: Briquet de Lemos Livros, 2007.

Introdução_à_Biblioteconomia

Fui lendo esse livro aos saltos ao longo da graduação e só recentemente resolvi lê-lo “de cabo a rabo”. Meu pensamento durante a leitura foi: porque eu não li o livro inteiro antes?

A resposta a meu questionamento é: nunca lemos tudo que gostaríamos e ou deveríamos durante a graduação. Minha recomendação, tentem ler esse livro. Especialmente se você estiver começando o curso e/ou tiver caído de paraquedas nele. Edson Nery da Fonseca é um dos mestres da Biblioteconomia brasileira e o conteúdo desse livro mostra isso muito bem.

Continuar lendo