Biblio Radar – Agosto de 2018

Olá, pessoas!

A lista do Biblio Radar deste mês possui cinco itens e já adianto que nem todos são indicações de leitura. Vamos a eles!

Radar
#PraCegoVer: Imagem de um radar circular nas cores verde e preto. Nele aparecem quatro pontos indicando a presença de objetos. Fonte da imagem: Pixabay

Continuar lendo

Anúncios

Anunciando o lançamento do Biblio Radar

O Biblio Radar será uma postagem mensal que farei aqui no blog com o objetivo de listar coisas que li e ouvi ao longo de um mês específico e que acredito que podem ser de interesse de vocês.

“Ah, Izabel, mas porque você não faz resenha dessas coisas?”

Simples. Porque não dou conta de resenhar tudo e também porque alguns de meus temas de estudo/interesse são recorrentes e não quero lotar o blog de resenhas de obras que tratam sempre do mesmo assunto. Mas não se preocupem, pois vai continuar tendo resenha por aqui!

O Biblio Radar surge para listar o que passou no meu radar – pegaram a ideia do nome? – ao longo do mês ao qual o post se refere, ou seja, o Biblio Radar de Agosto trás obras que vi/li nesse mês e achei interessantes e assim sucessivamente. E quando eu falo listar não pensem que vai vir só o título da obra. Vai ter uma mini descrição dela também.

Esse formato de post vai sair sempre nos últimos dias do mês e a intenção é que funcione um pouco dentro da lógica de sistemas de alerta e seja um jeito mais rápido de trocarmos figurinhas. Ah, e se dentro de um mês você leu/viu algo interessante para área, me conta que eu coloco na lista (atribuindo o crédito a você, claro!).

É isso! Nos vemos no próximo post.

Refletindo sobre os termos de uso das mídias sociais

Olá, pessoas!

Vocês leem os termos de uso das mídias sociais (Facebook, Twitter, Instagram, etc.) quando vão criar o perfil numa delas? Ou só clicam no “Eu concordo” (I agree) e seguem em frente?

Nunca li um desses termos em sua totalidade. Tenho tentado minimizar esse problema acompanhando melhor o debate e as atualizações de políticas dessas mídias, mas estou beeeeeeem longe do ideal.

Vale lembrar que as políticas de uso não estão presentes só nas mídias sociais. Muitos sites também as possuem. Em 2012, pesquisas estimavam que se fôssemos ler as políticas de todos os sites que visitamos ao longo de um ano gastaríamos o equivalente a 25 dias inteiros. Se esse período fosse organizado em horas trabalhadas – levando em conta um expediente de 8 horas diárias – seria o equivalente a 76 dias de trabalho. E essas estimativas são de cinco anos atrás. Continuar lendo

Tá chovendo marca página

Fotografia de seis marca páginas do blog
#PraCegoVer: Fotografia de seis marca páginas do blog. Nos marcadores há o desenho, em estilo minimalista, de uma prateleira de livros e o nome do blog escrito em marrom. Foto: Izabel Lima

Ok… Não tá, literalmente, chovendo marca páginas, mas você que pediu e/ou que quer muito ter um marca páginas aqui do bloguinho pra chamar de seu, acesse este link aqui, responda três perguntinhas, preencha os dados e aí é só esperar.

O link vai tá aberto para respostas a partir de hoje, dia 10 de junho, e ficará disponível pra preenchimento enquanto durarem os estoques de marcadores.

Alguns avisos!

  • Vou postar todos os marcadores de uma vez e eles serão enviados via Correios, na modalidade carta simples.
  • Seria muito legal se vocês me avisassem que os marcadores chegaram sãos e salvos. Este aviso pode ser feito com um comentário aqui no post, uma mensagem no Facebook, uma mensagem e/ou postagem no Twitter ou Instagram. Não esqueçam de marcar o bloguinho pra eu ficar sabendo. 😉

É isso, pessoas. Abraços e até a próxima postagem.

Indicando livros de metodologia

Olá, pessoas! Tudo bem com vocês?

Nos primórdios do bloguinho fiz uma postagem falando que bibliotecários também fazem pesquisa e nela falei de alguns livros de metodologia que utilizo. De lá pra cá conheci outras obras que tratam desse tema e vou falar um pouquinho delas hoje.

HERNÁNDEZ SAMPIERI, Roberto; FERNÁNDEZ COLLADO, Carlos; BAPTISTA LUCIO, Pilar. Metodologia de pesquisa. 3. ed. São Paulo: McGraw-Hill, 2006.

Esse livro tem uma estrutura parecida com a de manuais de metodologia mais famosos, mas gosto demais da linguagem, do jeito que os autores escrevem. O projeto é abordado desde a concepção, ou seja, desde a fase da ideia. São tratadas também questões sobre elaboração de referencial (marco) teórico, tipos de pesquisa, seleção de amostra e análise de dados. Há também um capítulo sobre elaboração de relatório de pesquisa. Continuar lendo

Resultado do sorteio de Dia do Bibliotecário

Olá, pessoas!

É com alegria que venho comunicar o resultado do sorteio realizado aqui pelo blog em comemoração ao Dia do Bibliotecário. O sorteio aconteceu na tarde de hoje e a vencedora foi a Marlucy Farias.

Parabéns, Marlucy!!! E muito obrigada a todas/os que participaram. ❤

print sorteio - Copia

Sorteio comemorando o Dia do Bibliotecário

Olá, biblioland!

O dia do bibliotecário está chegando e com ele vem chegando também o primeiro sorteio realizado pelo Estante de Bibliotecária. \o/ Sim, você leu certo: vamos realizar um sorteio lindão para comemorar o seu, o meu, o nosso dia do bibliotecário.

IMG_20180204_102337_430Para participar você precisa acessar o Instagram do blog, nossa @ por lá é @estantedebibliotecaria, e para participar você deve:

  • Seguir o Instagram do blog;
  • Curtir e comentar na foto oficial (igual a que aparece ao lado) dizendo qual seu post favorito aqui do blog.

O/A vencedor/a vai receber um kit igual ao da foto. O kit contem: Continuar lendo