#Resenha – Técnicas modernas de preservação & recuperação de acervos bibliográficos

GOMES, Gláucia; NOGUEIRA, Isabel; ABRUNHOSA, J. J. Técnicas modernas de preservação & recuperação de acervos bibliográficos. Nova Friburgo: Êxito Brasil, 2006.

TECNICAS_MODERNAS_DE_PRESERVACAO_E_RECUP_1395961032B
#PraCegoVer: Capa, em tons arroxeados, do livro resenhado na postagem. Além do título e do nome das autoras aparecem pilhas de papéis e, ao fundo, desfocadas, há estantes com mais pilhas de papéis. Fonte: Skoob

Antes de começar a resenha propriamente dita, um conselho: quando você estiver num evento da sua área e nele tiver uma banquinha vendendo livros e afins, passe pra dar uma olhada. Normalmente, itens legais costumam ser vendidos por lá.

Foi seguindo meu próprio maravilhoso conselho – agora compartilhado com vocês – que encontrei o livro do qual vou falar hoje. Não sou especialista na área de preservação de acervos, então o livro Técnicas modernas de preservação & recuperação de acervos bibliográficos acabou me ajudando a aprender mais um pouco e preencher algumas lacunas.

A obra está dividida em cinco capítulos. São eles: Introdução; o livro e seus componentes; Técnicas de preservação; Técnicas de recuperação e Técnica moderna de preservação de documentos e papéis por desacidificação.

O livro foi construído usando uma linguagem acessível e teve por base pesquisas realizadas pela Neschen AG e a RFIDBrasil – Gateway Security Library&Solutions. No capítulo 2, as autoras falam dos materiais que compõem o livro, então papel, tipos de tintas, estrutura do livro encadernado e os desgastes que ele pode sofrer são o foco desta parte da obra. São explicações sucintas, então se você procura informações mais aprofundadas sobre essas questões, esse capítulo pode não ser muito útil para você, mas é um bom ponto de partida para iniciantes.

Os capítulos 3 e 4 apresentam técnicas básicas de preservação e recuperação de documentos e estão estruturados de maneira semelhantes. Eles iniciam com recomendações, falam sobre técnicas convencionais e seguem para as técnicas modernas de cuidado com os materiais documentais. Um ponto bacana desses capítulos é que as autoras apresentam os materiais existentes que apoiam esses trabalhos e dão exemplos de como realizar procedimentos básicos com eles. As explicações textuais são acompanhadas de algumas ilustrações.

O quinto e último capítulo foca na preservação de documentos usando desacidificação. Esse processo é bem mais complexo que os procedimentos apresentados nos capítulos anteriores. Nesse capítulo, as autoras falam sobre as etapas e apresentam algumas fotografias do procedimento realizado. Depois dessa parte, há também um glossário e, claro, uma lista com as referências das obras citadas no livro.

Ninguém, obviamente, vai virar um expert em preservação de documentos só com uma leitura, mas se você se interessa pelo assunto acredito que essa obra, especialmente os capítulos 3 e 4, pode te ajudar a começar seus estudos sobre esse tema.

Se você conhece essa ou outras obras parecidas, me conta nos comentários. Vejo você na próxima postagem! 🙂

Anúncios

2 comentários sobre “#Resenha – Técnicas modernas de preservação & recuperação de acervos bibliográficos

  1. Gostei da resenha. Esse assunto, com todas as suas técnicas usuais e recomendações deveria fazer parte da formação do bibliotecário, não é mesmo?!

    Curtido por 1 pessoa

Os comentários estão desativados.