Ciência da Informação e Documentação – Resenha

CRIPPA, Giulia; MOSTAFA, Solange Puntel (Org.). Ciência da Informação e Documentação. Campinas, SP: Editora Alínea, 2011.

Capa do livro Ciência da Informação e Documentação
Capa do livro Ciência da Informação e Documentação

Quantos significados cabem na palavra “Documentação”? O número ao certo eu não sei, mas sei que o livro Ciência da Informação e Documentação, organizado pelas professoras Giulia Crippa e Solange Puntel Mostafa, apresenta um panorama de sentidos possíveis de estarem presentes nessa palavra que, provavelmente, surpreenderá alguns.

Uma coletânea de textos acadêmicos deve ter uma boa base teórica e esse livro traz em seus três primeiros capítulos reflexões de caráter epistemológico capazes de fornecer tanto uma base conceitual sólida para aqueles que iniciam seus estudos sobre a temática da Documentação quanto instiga o interesse daqueles que já tem certa familiaridade com o tema. Os três capítulos a que me referi trazem abordagens conceituais e filosóficas sobre a documentalidade e o documento tanto no contexto da Documentação como em áreas próximas tais como a Ciência da Informação, a Diplomática e a Historiografia.

No capítulo quatro a questão do patrimônio cultural entra no debate e a partir dela discute-se e propõe-se a expansão do entendimento de documento. O capítulo quinto também possui certo caráter propositivo, uma vez que introduz e conceitua os termos Neobibliometria e Neodocumentalismo. Esses termos foram propostos por uma pesquisadora peruana e uma pesquisadora argentina, respectivamente, e o capítulo em questão é um dos primeiros trabalhos a fazer uso dessa terminologia no Brasil.

Os quatro últimos capítulos do livro possuem características mais pragmáticas uma vez que utilizam os conceitos referentes à Documentação e a documentalidade para analisar temas contemporâneos, tais como: o WikiLeaks e os discursos por ele fomentados; o Facebook e seu paralelo com o pensamento de Paul Otlet; a importância de um centro de documentação para a (re)construção da memória e da história da educação e, por último, os sentidos e usos que os documentos adquirem no contexto da biblioteca escolar.

Ciência da Informação e Documentação é um livro que contribui para aclarar disputas conceituais, principalmente entre as áreas que compõem seu título, mas, sobretudo, esse livro contribui para mostrar que quando se discutem questões pertinentes ao campo informacional e aos registros do conhecimento, é impossível para uma área isolar-se, pois mais do que referenciais teóricos compartilha-se um objeto de estudo e de atuação profissional.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s