Introdução à Biblioteconomia – Resenha

FONSECA, Edson Nery da. Introdução à Biblioteconomia. 2. ed. Brasília, DF: Briquet de Lemos Livros, 2007.

Introdução_à_Biblioteconomia

Fui lendo esse livro aos saltos ao longo da graduação e só recentemente resolvi lê-lo “de cabo a rabo”. Meu pensamento durante a leitura foi: porque eu não li o livro inteiro antes?

A resposta a meu questionamento é: nunca lemos tudo que gostaríamos e ou deveríamos durante a graduação. Minha recomendação, tentem ler esse livro. Especialmente se você estiver começando o curso e/ou tiver caído de paraquedas nele. Edson Nery da Fonseca é um dos mestres da Biblioteconomia brasileira e o conteúdo desse livro mostra isso muito bem.

A obra publicada pela primeira vez em 1992 e relançada em 2007 se divide em quatro partes: O livro; A biblioteca; Leitor/leitura e O bibliotecário. Além delas, há também um apêndice antológico que reúne textos de alguns escritores que fornecem uma visão panorâmica do imaginário social acerca da Biblioteconomia e do bibliotecário. Nessa parte do livro recomendo, especialmente, a leitura do texto Reflexões sobre a situação atual e futura do bibliotecário no Brasil, de Otto Maria Carpeaux.

Retornando ao texto de Edson Nery propriamente dito tem-se uma Introdução com interessantes e preciosos apontamentos sobre a constituição da Biblioteconomia enquanto área e as relações dela com outros campos do conhecimento.

No primeiro capítulo o autor elabora uma rica explanação sobre o livro e diversas questões a ele vinculadas, iniciando na etimologia da palavra livro, passando pela estrutura física do mesmo e estendendo-se até seu conteúdo. O autor também dedica algumas páginas a história do livro no Brasil.

O segundo capítulo trata da biblioteca, local de atuação do bibliotecário por excelência. Nele o autor aborda, além da etimologia da palavra biblioteca, os conceitos relativos a esse tipo de unidade de informação e os diferentes tipos de biblioteca existentes.

O terceiro capítulo é dedicado ao leitor e a leitura. Além da etimologia das palavras leitor, leitura e as diferenças entre os termos leitor e não-leitor, o autor aborda aspectos ergonômicos, os tipos de leitura e o leitor e a leitura no Brasil.

No quarto e último capítulo é dedicado ao bibliotecário e trata da missão, da formação e da importância da atualização para esse profissional. A última parte desse capítulo trata especificamente do bibliotecário no Brasil e traz importantes referências históricas.

Além do rico conteúdo elaborado por Edson Nery da Fonseca, cada capítulo trás uma lista de leituras recomendadas que pode auxiliar bastante no aprofundamento dos temas que norteiam cada sessão. Essas listas com sugestões de leitura são fundamentais, uma vez que, como o próprio título indica, trata-se de um livro introdutório devendo ser, portanto, começo e nunca fim das leituras sobre a área.

+info

CUNHA, Murilo Bastos da. Introdução à biblioteconomia. Ciência da Informação,  Brasília ,  v. 38, n. 2, Ago.  2009.

HENN, Gustavo. Pequena bibliografia sentimental de Edson Nery da Fonseca. Bibliotecários sem Fronteiras, 2014.

LEMOS, Briquet de. Edson Nery da Fonseca: o gladiador de ideias. Revista Biblioo, Rio de Janeiro, n. 33, 2014.

Anúncios

Um comentário sobre “Introdução à Biblioteconomia – Resenha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s